Maestro e presidente da Novo Século preparam a banda para o futuro


De Frank Sinatra a Luiz Gonzaga, passando pelos clássicos dobrados que fizeram a historia da Novo Século. Foi assim que um dos pilares da cultura santa-cruzense comemorou seus 112 anos neste domingo (04).

A Sociedade Musical Novo Século, fundada em 1900, passou por um longo caminho até chegar à noite deste domingo quando estreou seu novo maestro, Wellington Araújo, e realizou um concerto musical que encantou o Teatro Municipal que estava lotado, principalmente pelos legítimos santa-cruzenses.

No repertorio foram apresentados os dobrados “Dois corações”, “Suspiro de prisioneiro” e “De volta para minha terra”, além de arranjos em canções de Djavan e do grupo Roupa Nova. “Aquarela do Brasil” um dos hinos extraoficiais do pais, composição de Ary Barroso, ganhou uma interpretação especial e os gênios Frank Sinatra e Luiz Gonzaga foram interpretados de forma espetacular pela Novo Século.

Para o novo maestro da Novo Século, Wellington Araújo, o momento era de pura emoção, já que ele começou ainda criança na banda e hoje teve a missão de comandar o concerto de aniversário de 112 anos.

“É a maior emoção da minha vida” resumiu o maestro.

O presidente da Sociedade Musical, Adeilson Bezerra, prepara um extenso calendário de atividades para 2013, mas prometeu ainda este ano um grande concerto de natal, quando será apresentado um repertorio especial.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: , ,

0 comentários: