O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) concedeu entrevista nesta terça-feira (12) nas rádios Vale do Capibaribe, Comunidade FM e Santa Cruz FM. O deputado falou da audiência, ocorrida no início da semana no  Recife, quando o secretario estadual de Defesa Social, Wilson Damásio recebeu uma comitiva de santa-cruzenses, dentre os quais, o prefeito Edson Vieira (PSDB) e vereadores do município.

Segundo Diogo, o principal objetivo do encontro foi a busca por soluções para o problema da violência urbana, que tem preocupado a sociedade da Capital das Confecções. ”O Governo do Estado não cruzou os braços e está pronto para ajudar nossa cidade, naquilo que for necessário. Ações especiais e integradas ganharão as ruas para garantir segurança ao povo de Santa Cruz, além disso, recebemos a garantia de que, em 60 dias, a 3ª CIPM será elevada à categoria de Batalhão de Polícia Militar, o que garantirá um reforço significativo na quantidade de policiais que atuam em nosso município”.

Área Integrada de Segurança Pública - Diogo falou também da edificação de uma área, onde se concentrará os principais segmentos da segurança pública em Santa Cruz do Capibaribe. “Será edificada em breve a Área Integrada de Segurança Pública, um espaço que concentrará as ações da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, e que garantira agilidade em ações que possam garantir que, a curto, médio e longo prazo, programas e ações de combate a violência possam ter sucesso”, disse ele.

Novidades – o socialista falou ainda da implantação de duas novidades por parte da secretaria estadual de Defesa Social. “Santa Cruz ganhará uma Delegacia de Homicídios e uma unidade de Polícia Científica, dentro de um amplo plano de ações voltadas ao combate à violência”, finalizou Moraes.  

Por Emanoel Glicério | Marcadores:

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Em 14 de março de 2013, na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe-PE, esteve os Auditores Fiscais, Delegados da Fazenda dentre outros, apenas com o objetivo de acabar com o Pão de Cada dia, dos sulanqueiros, sacoleiros e todos outros que sobrevivem deste Parque, que, nada mas é, que uma feira livre popular em Local fechado. Gostaria que o Prefeito de Santa cruz do Capibaribe, Vereadores, Deputados Estaduais e Federeal, como Também o Ministério Público, fosse a favor dessa população trabalhadora e guerreira que, a mais de 50 anos vive dando o pão de cada dia a seus familiares. ( sabemos que todas essas autoridades juntas, podem em reunião com nosso Governador Eduardo Campos, resolver essa questão), por isso lutamos para que como em qualquer feira popular de rua, estejamos isentos desses impostos. Clamamos por ajuda.... ( Cadê nossos Representantes.) PUBLIQUEM POR FAVOR ESSA NOTA DE INDIGNAÇÃO)