Barracas começam a invadir áreas públicas em Taquaritinga
O cenário na Dália da Serra é semelhante ao que foi solucionado pelo prefeito Edson Vieira na Capital da Sulanca nos últimos dias, encontrar uma saída viável para retirar barracas de lanches e pequenos comércios de vias públicas e calçadas de escolas estaduais e municipais sem prejudicar os comerciantes e atendendo uma decisão judicial baseada na lei estadual 10.454/90, que determina um raio de 100 metros como área livre para a segurança das escolas.

Preocupado com a situação o líder da bancada de oposição em Taquaritinga, João da Banda (PSDB), se reuniu com o prefeito Evilásio Araújo (PSB) e apresentou requerimento propondo uma audiência pública para debater o assunto no próximo dia 25 quando estarão reunidos representantes dos barraqueiros, vereadores, representantes da justiça e o prefeito Evilásio.

De acordo com a assessoria do prefeito “várias audiências já foram realizadas e agora com a lei em vigor, a retirada das barracas é inevitável, uma vez que também já está sendo cumprida em grande maioria dos municípios pernambucanos”.

O vereador Lukinha da Saúde (PSB), aliado do prefeito, esteve no local das barracas que devem ser retiradas conversando com os comerciantes e propôs a realocação para um terreno ao lado do açougue público, onde seria construído um polo gastronômico, a ideia será discutida na audiência pública.

“É preciso que se encontrem soluções para minimizar essa situação. O que não pode é querer fazer politicagem com esse problema e tentar jogar essa bomba no colo do prefeito Evilásio, onde sabemos que esse problema vem de governos anteriores e que a lei está aí para ser cumprida” afirmou o vereador socialista.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: , , ,

0 comentários: