Foto: Rafael Lima

A interiorização do desenvolvimento, a geração de empregos no interior de Pernambuco e abastecimento de água das cidades atingidas pela seca estão no foco central das reuniões de trabalho que o senador Armando Monteiro (PTB) promoveu nesta sexta-feira (26) nos municípios de Caruaru, Agrestina e Altinho, no Agreste do Estado, por onde passa até amanhã (sábado, 27), quando terá percorrido dez municípios da região.

Armando defendeu "uma mobilização permanente" para que se realize a construção da Adutora do Agreste, principal obra de distribuição de água da Transposição do São Francisco, que irá beneficiar 60 municípios do Agreste ao custo de cerca de R$ 2 bilhões."O Agreste tem uma situação de abastecimento d’água, de suporte hídrico, pior até do que a do Sertão. Porque no Sertão existem alguns mananciais, água no subsolo, que nós não temos, desta forma, no Agreste. E também porque no Agreste a população é maior, portanto a demanda de água é maior", justificou.

A Adutora do Agreste foi um dos temas das reuniões que manteve com os prefeitos José Queiroz (PDT, Caruaru), Thiago Nunes (PDT, Agrestina) e José Ailson (PSD, Altinho). Mas a implantação dos distritos industriais de Agrestina e Altinho estiveram também na pauta. Os prefeitos pediram o apoio do senador para fazer a infraestrutura dos distritos, via emendas parlamentares e articulações com os governos federal e estadual.


Outro tema importante foi o da qualificação profissional. A prefeitura de Altinho quer ampliar os cursos de corte e costura que hoje já contam com 470 alunos matriculados. A ideia é inserir o município de forma mais ativa no pólo de confecções do Agreste. "Contamos com o apoio do senador para conseguir mais máquinas industriais e podermos qualificar mais pessoas", disse o prefeito José Ailson.

Na noite desta sexta, Armando estará em Garanhuns, no encontro com os prefeitos da CODEAM, entidade que reúne cerca de 50 municípios do Agreste.


No sábado (27), começa o dia em Garanhuns tomando café da manhã com o prefeito Izaias Regis (PTB) e lideranças da sociedade civil. Outro compromisso é a ida a Brejão para encontro com o prefeito Ronaldo Ferreira (PTB). A próxima atividade é em Bom Conselho, onde almoça com o prefeito Danillo Godoy (PSDB).
 
As agendas seguintes contemplam reuniões com os prefeito de Iati, Padre Jorge (PTB), e de Caetés, Armando Duarte (PTB), em seus respectivos municípios. As duas últimas reuniões de trabalho acontecem em Venturosa, cidade administrada pelo prefeito Ernandes Albuquerque (PR) e Alagoinha, onde Armando conversa com o prefeito Maurílio Almeida (PTB).

Por Emanoel Glicério | Marcadores:

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Vejam se esse senadorzinho chega a citar Santa Cruz em sua nota. A companhia de Zé Augusto em Brasilia fez ele pegar a doença de não fazer nada pela cidade. Ô duplinha ruim. Até agora nada pra Santa Cruz.