A comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou nesta quinta-feira (04) no município de Petrolândia, sertão de Itaparica, audiência pública com moradores das agrovilas que sofrem com a seca que afeta diretamente produção agrícola do município que de acordo com o IBGE, apresenta o quarto PIB per capta do estado.

O colegiado é presidido pelo deputado estadual Diogo Moraes (PSB), contou com a presença dos deputados Rodrigo Novaes (PSD) e autor da proposição que viabilizou o encontro, Manoel Santos (PT), Isabel Cristina (PT).

Antes da audiência pública, os parlamentares foram conferir de perto, acompanhados por integrantes da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) todas as Estações de Bombeamento que receberam inúmeras denúncias dos trabalhadores rurais com relação a manutenção do maquinário.

“Essa visita às Estações de Abastecimento (EBs) foi fundamental para que o colegiado pudesse conhecer na própria localidade as demandas e bem como o fornecimento de subsídios para incrementar nossa agenda positiva de ações”, ressaltou Diogo Moraes.

Já no período da tarde, a audiência pública, que ocorreu na escola estadual  Icó-mandantes, contou com a participação de mais de mil trabalhadores rurais que trabalham direta ou indiretamente na cultura irrigada.

Entre as principais reivindicações das entidades que representam os trabalhadores rurais está a modernização das técnicas de irrigação, que atualmente funciona no método de aspersão, que demanda muita água e compromete a qualidade do solo, para um mecanismo mais eficiente denominado micro gotejamento.

Para o deputado Rodrigo Novaes (PSD), a seca tem que ser combatida, mas também o planejamento preventivo de suas ações deve ser permanente. “Esta é a maior seca nos últimos 80 anos, aqui em Petrolândia os moradores são exemplo de superação. Temos que estar atentos de forma permanente para que as ações combativas, mas também preventivas contra seca sejam prioridade”, ressaltou.

Ao final dos trabalhos, o presidente se mostrou satisfeito com o andamento da audiência. “O balanço do encontro foi positivo. A participação dos moradores das agrovilas foi fundamental, pois tiveram a oportunidade de falar abertamente sobre suas demandas, problemas e desafios. Em breve voltaremos aqui para prestarmos conta do resultado das solicitações”, disse Moraes.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: , ,

5 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    SANTA CRUZ ABANDONADA,E DIOGO EM PETROLANDIA, ESTE ÉO DEPUTADO DE NOSSA TERRA ACORDA ELEITOR.

  1. Anônimo disse...:

    este deputadosinho não faz nada e só foi lá por que o colega de bancado provocou. nos tamos é fudido

  1. Anônimo disse...:

    Ele e deputado Estadual e não municipal. Rsrsrsrs

  1. Anônimo disse...:

    Devia ter muita cachaça lá para esse pau d'água ir tão longe. Agora, uma pá de terra para Santa Cruz ele não traz.

  1. Anônimo disse...:

    Ele e deputado estadual e não municipal.