A Secretaria de Cidadania e Inclusão Social, em conjunto com o Conselho Tutelar e Conselho Municipal de Direito da Criança e do Adolescente, realizou busca ativa em quatro ações específicas no município em busca de identificar crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. No mês de abril, as ações foram realizadas no Moda Center, no calçadão, feiras livres e aterro sanitário.

Através do Centro de Referência Especial da Assistência Social (CREAS) e do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) foi possível identificar quem estava exposto ao trabalho infantil e assim, poderão incluir tais crianças, adolescentes e suas famílias nos serviços de assistência social existentes no município.

"Foi uma importante ação que contou com a participação de uma grande equipe assistentes sociais, conselheiros tutelares e de direitos, psicólogas, terapêuticas ocupacionais e educadores sociais do PETI", contou Emanuele Silva, Coordenadora do PETI.

"Identificamos que das 40 crianças abordadas nestas ações, 32 delas pertencem ao distrito de São Domingos, em Brejo da Madre de Deus, o que requer uma intervenção urgente das autoridades daquele município", afirmou Cíntia Carvalho.

"Acreditamos que estamos no caminho correto. Nossa equipe em conjunto com o Conselho Tutelar e o COMDECA tem trabalhado na luta não apenas pela identificação das crianças em situação de exploração do trabalho infantil, mas pela inclusão dessas famílias nos programas sociais a fim de torná-las protagonistas de seu desenvolvimento", destacou Gilson Julião, secretário de Cidadania e Inclusão Social.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: ,

0 comentários: