Ao lado do ministro da Integração Nacional, deputados, secretários de estado, vários prefeitos, vereadores de e lideranças de cidades do agreste o governador Eduardo Campos assinou nesta terça-feira (04), no auditório do Hotel Cruzeiro na cidade de pesqueira agreste do estado, a ordem de serviço para a construção da Adutora do Agreste, o maior sistema de abastecimento de água integrado da América Latina.

A obra terá um investimento de R$ 2,3 bilhões, com recursos dos governos federal e estadual. A assinatura da Ordem de Serviço aconteceu durante a abertura da I Conferência Estadual de Políticas Públicas para a Convivência com o Semiárido.

A adutora, que irá transportar água do rio São Francisco, por meio do Eixo Leste do Ramal do Agreste, terá 1,3 mil quilômetros de tubulações e vai atender 68 municípios e 80 distritos e povoados, e beneficiará dois milhões de pessoas.

Em seu discurso o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, garantiu que a obra é o maior investimento do órgão e que a adutora será entregue em 24 meses.

Para o ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho a Adutora do Agreste é a obrada da capacidade de trabalho do jovem governador Eduardo Campos “Essa adutora vai entrar para a historia política do estado, sobretudo pela capacidade do governador de se articular politicamente  para pode botar Pernambuco na frente das políticas públicas Federais” disse o FBC.

Já para o governador Eduardo Campos a água é uma questão central que marcou a vida do nordeste até hoje “Durante muitos anos se fez política no nordeste na base da água, negando o carro pipa, a lata d’água ao pobre miserável e tocando por voto e eu tenho a honra de dizer que nos estamos rompendo essa velha política. Até 2014 toda casa da zona rural de Pernambuco terá uma cisterna através das políticas publicas do estado” comentou o governador.

Conforme o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), “essa assinatura vai contemplar santa cruz, em seu quarto lote, a oposição do nosso município estava querendo distorcer os fatos. A projeção é que a obra saia num cronograma de 24 meses. Acima de tudo, a população vai ser beneficiada com essa medida. O governador mostra o seu compromisso com a região”.

O presidente da Câmara, vereador Junior Gomes (PSB) também reforçou a importância da ação. “Este é um marco para todo povo do agreste, que sofre com a seca e hoje se apresenta como um divisor de águas, um anúncio importante, muitos duvidavam. É uma ação que tem prazo para começar e terminar”, disse.

A presidente da UVP Mulher, Narah Leandro (PSB) ressaltou a preocupação do governador com a questão da convivência com a seca no agreste pernambucano. “Essa é um aprova de que o governador está atento às necessidades do povo de nossa região, e aproveitamos o encontro para cobrarmos a sua visita à Santa Cruz, que se comprometeu em vir ao nosso município para assinar obras de serviço”.

Diogo Moraes comemora inclusão de Santa Cruz e Brejo na primeira etapa da Adutora do Agreste 

A Adutora do Agreste é uma importante obra hídrica e que esteve em evidência esta semana com uma visita feita pelo governador Eduardo Campos (PSB) a fábrica responsável pela entrega de canos e tubulações necessários para a obra.

Segundo Diogo, a Adutora será um dos ramais da obra de Transposição do Rio São Francisco. “O governador zela por nosso Estado e tem uma atenção especial quanto ao Agreste, tanto é, que quando a Transposição estiver pronta já teremos o nosso principal ramal”, disse ele.

O socialista falou ainda da inclusão de Santa Cruz do Capibaribe e Brejo da Madre de Deus na primeira etapa da obra. “Santa Cruz e Brejo não estavam inclusas na primeira etapa, no entanto, fizemos um trabalho intenso junto ao presidente da Compesa, Roberto Tavares e ao governador Eduardo Campos, para que conseguíssemos colocar Santa Cruz e Brejo já na primeira etapa, no quarto lote”, explicou.

A Adutora se mostra a solução para a deficiência hídrica enfrentada na região. “É a solução para a escassez de recursos hídricos, que tanto aflige o Agreste”, disse ele, que prosseguiu, “trata-se de uma grande conquista para o meu mandato e para prefeitos sérios e parceiros como, Edson Vieira (Santa Cruz do Capibaribe) e Hilário Paulo (Brejo da Madre de Deus), que poderão comemorar junto ao seu povo mais esta vitória”.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: , , ,

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    este gato de hoté não cita o o governo federal principal autor desta obra. é um covarde mesmo...