No Dia Nacional da Habitação, o município de Santa Cruz do Capibaribe, agreste pernambucano, presenciou um fato histórico em sua política habitacional. Na manhã desta quarta-feira (21), o Prefeito Edson Vieira (PSDB), assinou uma Carta de Anuência que permite a transferência de uma área pública de 6.800m² localizada no Loteamento Dona Arlinda para construção de um conjunto habitacional pelos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto do município.

A Carta de Anuência é a primeira etapa do projeto habitacional dos integrantes do MTST de Santa Cruz, o qual em parceria com a Prefeitura Municipal e o Governo Federal levará moradia própria à cerca de 200 famílias associadas que vão adquirir seu imóvel através de financiamento do Programa Minha Casa, Minha Vida.

“A prefeitura está ratificando o compromisso assumido com os integrantes do MTST em diversas reuniões que discutiam a habitação no município e está disponibilizando de forma pioneira, uma área que será doada aqueles que mais precisam e estão sem um teto para fazer morada”, frisou o Prefeito Edson Vieira.

“Pela primeira vez na história política de Santa Cruz do Capibaribe, o Poder Público se senta com integrantes dos movimentos sociais para discutir soluções para a habitação”, relatou uma das integrantes do MTST de Santa Cruz Vanessa Oliveira.  

A materialização do sonho da moradia própria e a alegria da conquista também foi pontuada pelo Coordenador do MTST Joel Gomes, “A Carta de Anuência representa a materialização do nosso sonho da casa própria, é com muita alegria que nós integrantes do MTST de forma histórica, negociamos com o Poder Público que viabilizou a construção das habitações populares e junto com a Câmara de Vereadores que legalizará essa doação, vamos ter o direito à moradia digna”.

O próximo passo do processo será o envio do Projeto de Doação de Área Pública pelo Executivo para aprovação na Câmara Municipal, necessitando de 2/3 dos votos da Casa de Lei (11 votos) para validação definitiva da transferência do terreno.

Os Vereadores Dida de Nam (PSDB), Afrânio Marques (PDT), Narah Leandro (PSB), Jéssyca Cavalcante (PTC), Pipoca (PMN) e o Secretário de Planejamento e Gestão Luciano Bezerra também se fizeram presentes neste momento histórico para política habitacional santa-cruzense. 

Por Emanoel Glicério |

0 comentários: