O deputado Mendonça Filho (DEM) disse que o apagão que atingiu todos os Estados do Nordeste do País, hoje, à tarde, é resultado do descaso do Governo Dilma com a infraestrutura energética no País.

“Há algum tempo venho alertando para esse fato e, principalmente, para o esvaziamento econômico e tecnológico da Chesf, mas o Governo insiste em manter essa antipolítica no setor”, afirmou Mendonça, ressaltando o quadro energético precário com o preço da gasolina defasado em 30% e a Petrobrás acumulando prejuízo mensal de R$ 900 milhões, o que dá um déficit anual de R$ 10 bilhões.

No ano passado, Mendonça filho pediu informações ao Governo sobre apagões como o que afetou Estados do Norte, Nordeste e parte do Centro Oeste. Pediu, também audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara com a Operadora Nacional do Sistema Elétrico, representantes do Ministério das Minas e Energia, da Aneel e Eletrobrás para discutir a autonomia das empresas do setor elétrico como a Chesf. 

Na audiência, o então ministro interino de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, reiterou que a renovação das concessões para o setor elétrico obedecerá a regra única – desconsiderando especificidades como a Usina de Xingó – e que as empresas teriam que passar por um processo de enxugamento de custos para se adequarem as exigências do Governo.

“O resultado dessa política equivocada do Governo no setor elétrico é a repetição dos apagões, que já viraram rotina no País”, afirmou.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: ,

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    e ainda vai piorar,os atuais donos do brasil tem o povo todo comprado com bolsa isso ,bolsa aquilo,entao eles nao perdem a proxima eleiçao,acho que vem por ai a bolsa atraso.