O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) presidiu nesta quinta-feira (05) uma audiência pública na Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural. No encontro foi debatido o lançamento da cartilha com as diretrizes para a reestruturação socioprodutiva da Zona da Mata. Tal processo, segundo Diogo, contou com a contribuição decisiva da sociedade civil.

Estiveram presentes na audiência, o secretário de Agricultura de Pernambuco, Aldo Santos, o deputado estadual Manoel Santos (PT), o também deputado estadual João Fernando Coutinho (PSB) e representantes de várias entidades ligadas a questões agrárias, como, FETAPE, FASE, Pastoral da Terra e Ministério da Agricultura.

O secretário estadual de Agricultura, Aldo Santos, afirmou que a monocultura deixou problemas sociais e, agora, é necessário gerar novas opções de renda à população. O gestor informou que o Executivo acaba de criar um Grupo de Trabalho para debater a recuperação econômica da Zona Mata. Segundo Aldo, os agricultores precisam ter acesso a todas as condições necessárias para a produção de diferentes culturas, principalmente com a chegada de novos empreendimentos na região.

O presidente da Comissão, deputado Diogo Moraes, ressaltou a importância do debate na Casa e lembrou que o legislativo vai se reunir com os Executivos Estadual e Federal para definir estratégias de reestruturação da Zona da Mata.

Por Emanoel Glicério | Marcadores:

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    e ai manoel deixe de ser babao publique sobre a prisao do onibus da saude no recife ja duas vezes por documentaçao falsa publique se fosse dos outros isso e uma corja de ladrao tudim