Após os protestos ocorridos da tarde/noite desta segunda-feira (18) no Moda Center Santa Cruz e a reunião ocorrida na manhã de hoje em Caruaru com representantes de vários setores envolvidos na economia do pólo de confecções ficou evidente que a informalidade que ainda predomina em grande parte dos confeccionistas será atacada no seu ponto mais fraco.

Grandes atacadistas e compradores de diversos estados vão deixar de comprar a produção daqueles confeccionistas que não emitem notas fiscais. A decisão vai forçar os comerciantes informais a buscarem formas de criar suas empresas, regularizando uma situação que se arrasta a décadas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Bezerra, os representantes do pólo estudam junto com a secretaria da Fazenda uma estrutura simplificada de tributação.


“Estamos estudando com a fazenda uma estrutura simplificada de tributação e emissão de notas para os donos de box do Moda Center. As carretas foram presas por causa de notas frias, o que realmente não pode, As pessoas precisam abrir suas empresas para tirar nota” afirmou o secretário.

0 comentários: