O líder da oposição, Ernesto Maia (PSL), fez duras críticas ao governo municipal e afirmou que a audiência pública que debaterá a previdência municipal, marcada para ás 9 horas da próxima segunda-feira (11), vai impossibilitar a participação dos servidores públicos.


De acordo com Ernesto Maia, além do curto espaço de tempo para divulgar a audiência, no horário marcado os servidores estão trabalhando, ficando inviável a participação da categoria na audiência.

Por Emanoel Glicério | Marcadores:

0 comentários: