Em sua estreia na premiação, centro atacadista de confecções arrebatou o segundo lugar na categoria Gestão de Pessoas – Empresas

Mais uma excelente notícia coroa o fim de um ano repleto de bons resultados para o Moda Center Santa Cruz. Na noite desta quarta-feira (11), o condomínio do maior centro atacadista de confecções do País conquistou o segundo lugar na categoria Gestão de Pessoas – Empresas do Prêmio Ser Humano Paulo Freire 2013. Também foram prestigiadas as categoriais Profissional e Acadêmica. Iniciativa da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-PE), a premiação foi concedida no auditório do Hospital Pedro II, nos Coelhos.

“Na nossa estreia como participantes já superamos gigantes como a Refinaria Abreu e Lima, pertencente à multinacional Petrobras. Mais do que isso, a premiação é o importante reconhecimento de um conjunto de boas práticas implantadas no condomínio para promover a qualidade de vida dos nossos 350 colaboradores”, destacou o síndico do Moda Center Santa Cruz, Valmir Ribeiro.

Segundo a gerente de Recursos Humanos do empreendimento, Luanda Bernardo, as ações desenvolvidas no centro atacadista tiveram foco principalmente no âmbito da saúde física e mental. Entre as intervenções adotadas, acompanhamento de profissionais com hipertensão e diabetes, realização de treinamentos e capacitações, implantação de atendimento ambulatorial e oferta de apoio psicológico.

“Esse prêmio consagra um grande trabalho em equipe realizado no dia a dia do Moda Center Santa Cruz. Ele prestigia uma série de práticas de valorização e desenvolvimento humano que adotamos. Elas impactaram direta e positivamente na qualidade de vida de todos os colaboradores”, ressaltou a gestora.


Desde que foi realizado pela primeira vez, em 2007, o Prêmio Ser Humano Paulo Freire já contemplou instituições como o Wal-Mart, Coca-Cola, Senai e Chesf. “É nesse rol que agora o Moda Center se encontra. A conquista mostra que é possível fazer uma gestão de recursos humanos tão boa ou melhor do que empresas de porte igual ou maior que o nosso. Demonstra também que o interior do estado conta com excelentes profissionais na área, que fazem diferença”, completou a psicóloga organizacional do condomínio, Jaíse Nunes.

Por Emanoel Glicério |

0 comentários: