Se por um lado os socialistas sempre destacam o apoio que deram ao senador Armando Monteiro Neto (PTB) na eleição de 2010, por outro o petebista não deixou por menos. Em uma maratona que cumpriu no Sertão do Pajeú, onde visitou dez municípios no fim de semana, o senador destacou que o governador Eduardo Campos (PSB) já teve se apoio nos pleitos de 2006 e 2010. Apesar das críticas ao socialista, Armando Monteiro disse que seu projeto não é contrário à gestão atual.

“Esse projeto novo não é contra ninguém, não é contra o governador, mas nós temos que dizer que o governador já pôde (administrar) em dois mandatos... O povo de Pernambuco já permitiu que ele trabalhasse”, disse, em entrevista.

O petebista defendeu a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e questionou a postulação de Campos. “Diante de tudo isso (todos os investimentos que têm sido feitos em Pernambuco), eu pergunto: seria justo nós abandonarmos a presidente Dilma no meio do caminho, quando a legislação permite que ela se candidate à reeleição?”

Do NE10

Por Emanoel Glicério | Marcadores:

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    armando moteiro cade os titulos podres do banco mercantil?