Santa Cruz do Capibaribe, agreste de pernambucano, foi contemplada com o Centro de Iniciação ao Esporte (modelo III), obra de mais de 3 milhões de reais que reunirá em um espaço de 7 mil metros quadrados, que vai comportar um ginásio poliesportivo e complexo de atletismo com as dimensões e demais parâmetros geométricos de acordo com o padrão oficial estabelecido pela CBAT – Confederação Brasileira de Atletismo.  

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe através da Secretária de Planejamento e Gestão realizou um trabalho de análise de áreas, requisitos que se adequariam ao projeto do CIE e cumprimento dos prazos, enviando uma carta consulta, no último mês de abril, ao Ministério do Esporte. O município atendeu às condições estabelecidas e foi apreciado com a instalação da obra que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e será construída no Loteamento Armando Aleixo.    

“Santa Cruz pode comemorar mais essa conquista para nossa cidade, será uma grande obra que tem a finalidade da prática esportiva, um centro de iniciação ao esporte com mais de 23 modalidades, o maior modelo disponibilizado pelo Ministério do Esporte, que ficará localizado numa área estratégica de vulnerabilidade social”, frisou o secretário de Planejamento e Gestão, Luciano Bezerra.

“Esse equipamento também vai colaborar com a inclusão social, uma vez que vai tirar os jovens das proximidades com as drogas”, finalizou.

O centro contará com ginásio poliesportivo com arquibancada para 177 lugares, área de apoio com administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público, estrutura para atletismo. Além de espaço para prática de vôlei de praia, futebol de quadra, boxe, handebol, lutas, tênis de mesa, vôlei, basquetebol, judô, entre outros, e modalidades paraolímpicas como judô, halterofilismo, tênis de mesa e voleibol sentado.    

O próximo passo será a adequação do terreno e a realização de todos os trâmites burocráticos que toda obra pública necessita passando pela licitação, contratação da empresa executora da obra, início da construção e entrega para a população.    

Por Emanoel Glicério |

0 comentários: