A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente de Santa Cruz do Capibaribe com auxílio da Secretaria de Executiva de Agricultura realizou palestra com caprinocultores no sítio Magana sobre cuidados no manuseio do leite de cabra, criação e convívio com a seca no semi-árido.

Para Lenildo Araújo, Secretário Executivo de Agricultura, o encontro teve como objetivo principal melhorar o trabalho e higiene do leite de cabra. “Estamos trazendo constantemente experiência de outros lugares para melhorar a qualidade dos produtos dos criadores de Santa Cruz e melhorar a higiene do leite de cabra produzido aqui, desta forma ofereceremos a população um leite cada vez mais puro”.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, Bruno Bezerra, falou que o seu desejo não é só trabalhar o lado da criação e do manejo, mas abrir o mercado para os produtos e derivados da cabra como o leite, queijo, requeijão e carne. “O que a gente pode ver é que existem alguns criadores em nossa zona rural com uma produção expressiva, mas com dificuldade de colocá-la no mercado, com esses dados em mãos o poder público tem a finalidade de ajudar a desenvolver novos artigos com a retirada do leite de cabra como é o caso do queijo, iogurte e requeijão e agregar valor ao que é fabricado”.

Bruno Bezerra também falou que há interesses da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe em inserir os produtos da agricultura familiar no cardápio da merenda escolar. “Queremos introduzir os produtos como leite de cabra na merenda escolar e o governo municipal tem esse interesse, assim o poder público além de melhorar a merenda escolar com produtos frescos estará gerando renda extra para os caprinocultures”.

Além da palestra com Lenildo Araújo e Bruno Bezerra, foram exibidos no encontro três filmes: Criação de Cabra e Fabricação de Queijo, Cuidados com Leite e Higienização e Como sobreviver com criação de cabra e convivência com a seca no semi-árido.

Por Emanoel Glicério | Marcadores: , ,

0 comentários: